HISTÓRIA DO GRUPO N'GOLO CAPOEIRA

FUNDAÇÃO


Em meados do mês de novembro de 1987, iniciávamos no Centro Educacional 02 na cidade Guará em Brasília, um trabalho com capoeira na escola denominado CAC (Centro de Aprendizagem de Capoeira), vinculado direta e oficialmente à Secretaria de Estado de Educação, na época denominada FEDF (Fundação Educacional do DF).

O projeto atendia alunos da rede pública de ensino no horário contrário as aulas, dando direito ao praticante ser avaliado bimestralmente substituindo o conceito obrigatório das aulas de educação física. O projeto tem sua origem em iniciativas implementadas pelo mestre ZULU junto a FEDF, que depois de muito esforço conseguiu a aprovaçção e sua implantação exprimental em janeiro de 1982, no Colégio Agrícola de Brasília. Em 1992 com o funcionamento de quatro Centros o projeto foi incorporado ao programa dos CIDs - Centro de Iniciação Desportiva, que passou a recebera denominação de Centro de Iniciação Desportiva em Capoeira. O CID é um programa implantado pelo MEC em 1983, que tinha a Fundação como a executora, mas em 1985 o programa foi desvinculado do MEC passando a ser gerido apenas pela Fundação, assim sendo, a capoeira hoje se constitui em mais uma opção entre as demais modalidades oferecidas pelo CID em todas as regionais de ensino do Distrito Federal, sendo que atualmente tem apenas três CIDs de capoeira, no Guará, Sobradinho e Núcleo Bandeirante.

Para atuar no CID de capoeira o professor deve ser pertencente do quadro efetivo do magistério através de concurso público, como também ser mestre ou contra-mestre de capoeira.

Além dessa vinculação com a Secretaria de Educação, o nosso trabalho esteve também até o dia 13 de outubro de 2003 vinculado ao Grupo de Capoeira Beribazu, onde tínhamos o grupo como um grande parceiro no desenvolvimento de todo o trabalho.


Depois da desvinculação do Grupo Beribazu, inciamos no dia 07 de fevereiro de 2004 juntamente com os alunos mais graduados discussões sobre a criação ou não, de um nome para o grupo que já existia de fato, pois todos iniciados e pertencentes a esse trabalho de capoeira na escola também já atuam como docentes de capoeira, ministrando aulas em vários locais em Brasília e em algumas cidades como São Paulo, Gravatá-PE, Imperatriz-MA e até no Japão.

Desta forma, optamos pela criação de um nome que surgisse das sugestões que porventura fossem dadas por qualquer aluno integrante do grupo. Foram quatro meses colhendo sugestões e no dia 10 de julho de 2004, diante de seis nomes, escolhemos por maioria de voto o nome "N'GOLO", que passou então a ser composto de Centro Cultural Arte Luta N'GOLO Capoeira. Centro Cultural - pela nossa proposta de trabalhar pela difusão e desenvolvimento da capoeira como cultura nacional, Arte Luta - por sermos oriundos da vertente arte luta, fundamentada pelo Mestre Zulu e optarmos por estar a ela vinculados.


SIGNIFICADO DO NOME


N'GOLO - era um ritual praticado por tribos do sul da África principalmente os Humbes e Mucupes, durante a "efúndula" (quando meninas passam a condição de mulher), as jovens eram disputadas entre jovens guerreiros em luta corpo a corpo, ao vencedor cabia o direito de escolher sua esposa, sem o pagamento do dote matrimonial.

O N'GOLO - traduzido também como dança da zebra, junto com cujuinha, uiganga e cuissamba são dentre outros elementos motrizes africanos, formadores do substrato estético-gestual da capoeira (mestre Zulu - Idiopráxis de Capoeira), 1995 p. 02.

A dança da zebra era, pois movimentos imitados com os da zebra em luta ou em carreira ou ainda das zebras machos para conquistar uma fêmea no cio.


Na língua Kikongo em alguams tribos do sul da Angola N'GOLO significa: FORÇA ou PODER.

(Mestre Dionizio - Fundador do Grupo N'GOLO Capoeira)

CAPOEIRA - CULTURA - QUALIDADE DE VIDA - SAÚDE - ANCESTRALIDADE - RESPEITO  - PATRIMONIO IMATERIAL

© 2013 by N'GOLO CAPOEIRA. Todos direitos reservados